quarta-feira, 23 de abril de 2014

INVENÇÕES



 Invenções

(Letra e música: Éwerton Oliveira)


Um dia sem medo
o homem criou o espelho
e sua foto ele viu;

era a imagem do mundo
do inventor do futuro
que parecia sem fim;

o passado era ermo
a vida nem era termo
e tudo era pra trás;

só que Homo Sapiens chamava,
andou pra frente, criava
naquilo que é natural.

A roda inventou,
a escrita criou,
e se impulsionou;
porque a primeira desliza,
e a segunda explica
e ensina tudo com cor.

Da pedra ao automóvel
com raciocínio tão móvel
que viajou de avião;

é o telefone sem fio,
que aumentou o seu brio
de expressar-se a distância;

facilidades vieram,
confortos vários trouxeram,
ebulição sem igual;

parece indispensável,
parece tão suportável,
inteligência anormal.

O computador ascendeu,
a Internet se deu,
e o rádio falou;
porque o primeiro digita,
e a segunda aproxima,
já com o terceiro há o som.

Somos humanos, somos superiores,
criamos coisas, melhoramento à vista;
o auge expande o peito de orgulho,
mas ainda há velhas armas de fogo.

 https://www.youtube.com/watch?v=fui8o5Oz2X0

Um comentário:

  1. Divulga ainda mais suas composições! Eu estou amando.! Sou apaixonada por música mas amar somente minha profissão. Suas composições são realmente ótimas faz ascender um amor pela música e as partituras? Por favor!

    ResponderExcluir