terça-feira, 15 de abril de 2014

MEU IDEAL


Esta foi a primeira música que compus na minha vida - sempre com a ajuda do violão. Os acordes usados nela eram os únicos que eu conseguia fazer no instrumento naquele momento. Eu devia ter uns 16 anos... Há 12 anos atrás...

Meu ideal 

(Letra e música: Éwerton Oliveira)


Que os mais belos verdes campos
tornem-se agora mil pântanos
de amargura, dor e sátira,
que substituirão a sua graça.

Estranho mau pensamento,
que configura um sentimento
para sempre verdadeiro,
quase nunca sem argumento.

Mas não quero a paz que traz a guerra,
não preciso de um bem que traz o mal;
quero ser o direito, não o que erra,
e não vou mais mudar esse ideal.

E que minha vida dedicada ao teu bem
seja agora voltada ao prazer
de meu extremo amor ver-te sem,
querendo algo dele ter.

Porque por dez mil vidas eu te amei,
e por dez mil vidas me negaste:
agora pagarás o que eu te dei,
e saberás qual é a minha outra face.

https://www.youtube.com/watch?v=HCHm1jWjS1M&feature=youtu.be

Um comentário:

  1. Adorei! Que achado! Parabéns pelo trabalho, depois vou ver as outras composições. Eu também não vi os vídeos, mas já que gosta de música popular indico o Hamilton de Holanda para você dar uma olhada toca bandolim como ninguém e reproduz músicas do Pixinguinha.

    ResponderExcluir